segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Formatura dos alunos do Projeto Poronga 2011

Nesta quarta-feira -25/01/2012 aconteceu à formatura de 51 alunos da escola que concluíram o Ensino fundamental e irão engressar no Ensino Médio em 2012.  Os mesmos faziam parte do Projeto Poronga na responsabilidade das Professoras:

 Cliciamara Torres, Maria Antonia Cruz e Coordenação Geral Professora Rosiane.
A Equipe Gestora parabeniza a todos pelo sucesso em 2011.







O ALUNO JOSÉ DE JESUS MARCELINO RECEBEU O DIPLONA EM NOME DE SUA TURMA

História de vida / Escola Tupanir Gaudêncio da Costa

Professora: Maria Antônia da Cruz

        Olá! Sou José de Jesus Marcelino da Silva, tenho 16 anos. Nasci no dia 28 de março de 1995.
        Comecei estudar aos 4 anos no seringal com minha mãe, e com ela estudei até a quinta série. Ela leciona no seringal. Depois vieram outros professores.
       Vim para a cidade e fui matriculado no Projeto Poronga e de cara me identifiquei com a metodologia. Senti-me um verdadeiro aluno, as coordenadoras da escola e diretora sempre foram receptivas comigo. Uma das coisas que me chamou atenção foi à escola: ela é muito bonita. Procurei me esforçar desde o primeiro dia de aula.
       Eu tive três professoras. No primeiro ano estudei com a professora Vanessa muito inteligente e compromissada com seu trabalho. Ela levava muitos textos reflexivos para nos fazer refletir diante de nossas atitudes negativas perante os colegas e toda equipe escolar. No ano seguinte estudei com o professor Erivan até o mês de abril. Gostava dele, mas por problema de saúde ele não pode continuar conosco. Entrou a professora Maria, no inicio tenho certeza que ela queria desistir da gente, mas depois ela nos conquistou com seu carinho e atenção. Ela está sempre disposta para nos ajudar a tirar nossas dúvidas.
       No inicio das aulas muitas dúvidas surgiram: Será que eu vou conseguir apresentar um trabalho? Será que sofrerei racismo? Mas graças a Deus sempre fui muito respeitado pelos meus colegas e equipe escolar. Inclusive sou considerado o melhor da turma, mas isso é o que eles dizem eu só faço o meu papel de aluno.
        Quero ressaltar a todos os funcionários da escola Tupanir que adorei estudar nesta escola e fazer parte dela, pois ela trata todos os alunos com muito respeito independente de serem pobres, negros ou ricos e isso marcou muito. Lembrarei destas pessoas aonde eu for e agradeço a minha professora que me mostrou o quanto eu sou capaz, o quanto tenho potencial para aprender.

O ALUNO ÂNGELO CALIXTO RECEBEU O DIPLONA EM NOME DA TURMA


História de vida / Escola Tupanir Gaudêncio da Costa

Professora: Clíciamara Torres

                        Oi, meu nome é Ângelo Calixto de Araújo, nasci na cidade de Tarauacá e morei até aos 12 anos na colônia com meus pais e não estudava, pois o acesso à escola era muito difícil e perigoso.
                      Meus pais se separaram e eu fiquei com minha mãe, mas ela não me deixava estudar, pois tinha que ajudá-la nos serviços de casa e da agricultura. Com o passar do tempo minha tia ficou preocupada comigo e resolveu me ajudar: Trouxe-me para estudar na cidade. Cursei a primeira e segunda série normal. Senti muita dificuldade para acompanhar, pois não sabia escrever o meu nome e nem ler depois como estava com a idade em distorção fui matriculado no programa de aceleração da 3ª a 4ª série. Não tinha o acompanhamento dos meus pais, me sentia sozinho, a professora não me ajudava e as aulas não tinham significado para mim, comecei a fugir, gazetar as aulas. Meu pai soube do problema e me conscientizou da importância dos estudos e me motivei para concluir o ano.
                      No outro ano fui matriculado no Projeto Poronga e no primeiro dia de aula senti-me estranho, diferente dos outros alunos da escola, pois nunca havia visto uma metodologia como essa, mas depois eu resolvi deixar a timidez e encara –lo. Nunca estive só sempre tive o apoio da professora e da equipe escolar. Uma coisa que me impressionou foi que a professora nunca desistiu de nenhum aluno da nossa classe sempre demonstrou amor por todos nós. Foi então que descobri o verdadeiro sentido da vida, dos estudos. Encontrei pessoas maravilhosas que se preocupavam comigo. Se hoje sou uma pessoa responsável é porque me ensinaram a ser assim no Projeto. Graças a minha professora hoje sou uma pessoa que tem  visão de mundo.
                     Percebi que o Projeto forma pessoas com melhores atitudes e ensina os alunos a atuarem de forma significativa na sociedade de forma mais cidadã e  humana.






A Equipe Gestora parabeniza a todos pelo sucesso em 2011.